aventuraPeruViagens

3 Lugares imperdíveis no Peru além de Machu Picchu

Quem me conhece ou me acompanha, a um tempinho, sabe do meu sonho de conhecer as 7 maravilhas do mundo moderno, e foi por conta de uma delas que resolvi ir ao Peru.

E, se você é como eu, que pensava que Peru era só Machu Picchu, está bem enganado, e foi exatamente por pensar assim que minha viagem se tornou ainda mais incrível. Eu não tinha ideia alguma que ia encontrar tantos lugares e histórias surpreendentes em Cusco e seus arredores. Então, vou falar pra vocês quais são esses 3 lugares imperdíveis de tirar o fôlego e algumas dicas além deles.

Todos esses lugares são acessíveis a partir de Cusco, onde fiquei hospedado a maior parte da minha estadia no Peru.

1.  OLLANTAYTAMBO

Dos 3 que vou falar aqui Ollantaytambo é o mais simples de chegar, não necessita de tracking, não cansa(muito), não é tão longe saindo de Cusco e mesmo com tanta facilidade, comparado aos outros, foi o lugar mais incrível que conheci entre todos aqueles do Boleto Turístico de Cusco (vou falar do boleto em breve).

ollantaytambo

Ollantaytambo é a única cidade inca no Peru que ainda possui habitantes, localizada a cerca de 90 km partindo de Cusco, é um lugar que você certamente vai passar se for a Machu Picchu, e assim como Machu Picchu, você vai ficar de queixo caído ao ver uma cidade construída toda de Pedra há tantos anos pelo povo Inca.

O passeio geralmente é combinado com outros sítios arqueológicos do Peru e é facilmente adquirido em pequenas agências no centro de Cusco ou reserve online aqui.

Eu não sou um viajante muito fã de guias, aqueles que limitam o nosso tempo nos lugares, que falam além da conta e no fim não deixa tempo pra tirarmos fotos nem ao menos admirar os lugares, enfim, esse é o lugar que acho válido tirar um tempinho e dar uma atenção ao guia, a história do lugar é incrível. =)

 2. LAGUNA HUMANTAY

Laguna Humantay

Sabe aquelas fotos de lagos incríveis que você vê por aí nos instagrans e pinterests da vida? Pois é, muito provavelmente você já viu a Laguna Humantay entre elas. Formado por uma água com alguns tons de azul-turquesa e cercado de montanhas com neve, sem dúvida, esse é um lugar que não pode falta no seu roteiro.

Pra chegar lá saímos bem cedo de Cusco e levamos aproximadamente 2 horas até a primeira parada onde tomamos o famoso desayuno, em um bom português o Café da manhã, depois disso voltamos pra estrada pra mais 1 hora, aproximadamente, até o início do tracking.

A Laguna fica aproximadamente 4.200 metros acima do nível do mar, então sim, se prepare, pra quem não está acostumado com tracking, é pesado, mas não é impossível, basta querer.

Laguna Humantay

O começo é uma parte mais tranquila, com subidas menos intensas, no decorrer do tempo vai ficando mais pesado, mas vai com calma respirando que tudo dá certo, no meu caso o guia nos forneceu cabos de vassoura, que funcionou como aqueles bastões de caminhada, isso ajuda muito, vai por mim.

Aprecie a vista, tire muitas fotos e volte com calma, a gente sabe que pra descer é mais fácil, porém a mudança de altitude pode te deixar com um pouco de dor de cabeça, então segure o freio na descida.

3. MONTANHA COLORIDA

Montanha Colorida

Também conhecida por Vinicunca ou Rainbow Montain, é uma montanha colorida, com altitude de 5.200 metros acima do nível do mar, e já vou falando que foi o tracking mais difícil da minha vida, até hoje, tudo bem que tracking nem sempre faz parte do meu roteiro, mas cara… é pesado, são 5 km de tracking, 5 km de subida, sério, quase toda a trilha é composta por subida, não quero colocar medo em ninguém, muito pelo contrário, só quero te preparar para ter uma das experiências mais incríveis no Peru.

Fechei o passeio, também, com umas das muitas opções de agências no centro de Cusco, com café da manhã e almoço incluso, me pegaram no Hostel por volta das 3:30am sim super cedo, mas o ônibus perde cerca de uma hora só em Cusco passando por milhares de hotéis até ser completo.

São aproximadamente 4 horas de estrada, até chegar a um ponto que foi praticamente o pé da montanha, onde tomamos café e alugamos um bastão de trilha, parece que não, mas ajuda muito, então, sim, você deve alugar um, seguimos por mais um tempinho por uma estradinha bem tensa, tensa mesmo, a beira do precipício, mas fique tranquilo, os motoristas estão acostumados com ela.

O início da subida pode ser feita a cavalo, mas eu não faria isso, viva a experiência e vença o desafio, é muito recompensador chegar ao fim, ver aquela vista respirar fundo e dizer… EU CONSEGUI.

ADQUIRIR AQUI SEU INGRESSO PARA MONTONHA COLORIDA.

Dicas gerais

  • Tire o primeiro dia em Cusco para se adaptar com altitude, a dificuldade na respiração é real e a respiração ofegante principalmente em subidas vem muito rápido. Tenha esse momento de adaptação. 
               
  • Ao chegar no aeroporto de Cusco, negocie o valor da corrida com o taxista, são muitos turistas por ali, e eles cobram no mínimo 3x mais do que um local pagaria, eu mesmo caí nessa e na volta paguei um valor justo.
               
  • Use a folha de coca sim, a princípio não é perceptível, mas ela ajuda a evitar náuseas e dores de cabeça, principalmente se for fazer os tracking da Laguna Humantay e a Montanha Colorida.
               
  • Não troque todo seu real por soles peruano aqui no Brasil, o que eu sempre faço, e recomendo é; troque uma quantia baixa, só pra não chegar no local perdido, troque o suficiente pra pegar ao menos um táxi e fazer uma refeição, no centro de Cusco existem muitas casas de câmbio com preços excelentes, pesquise um pouco e depois volte pra trocar onde encontrou a melhor cotação.
               
  • Compre o boleto turístico de Cusco, e pesquise os lugares, pra ir de fato, só onde tenha interesse conhecer. Eu não pude completar o boleto, mas vou descrever em breve aqui todos os lugares do boleto turístico de Cusco, que consegui conhecer.
               
  • Nunca, jamais viaje pra fora do Brasil sem seguro viagem. Eu consegui 5% de desconto na Seguros promo pra vocês.
               
  • Por último, e   não menos importante, caso faça qualquer caminhada pesada, vá antes a uma farmácia e compre Aguá de Florida, cara, isso foi o que me ajudou a chegar ao topo da montanha colorida, é incrível como parece que ela abre os pulmões e te ajuda, de fato, a respirar melhor, coloque algumas gotas nas mãos esfregue bem e aspire forte, bem forte, vai sentir a diferença na hora.
Vini Guimarães
Vini Guimarães
Hei, eu sou o Vini e uma das principais coisas que quero aqui, é te ajudar a viajar mais e melhor com menos, cola comigo e vamos juntos nessa. Eu acredito que viajar é necessário para todos… e sabe por quê? Porque “Viajar transforma pessoas e pessoas transformam o mundo.”

2 Comments

Leave a Comment